Páginas

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Haikais

.
..
...


um risco, um raio e... zás!
clarão! depois do trovão
maior é a paz

...

cada folha chora...
e encanta, o pranto da planta
se a chuva foi embora

...

ah, semana insana!
reclamo e fico na cama
"cadê o meu Quintana?..."

...

- ele, o azul e o fio -
nada mais haverá além deste
imenso vazio?...

...
..
.
Trazidos do moribundo Barro do Sonho
Primeira imagem daqui
Segunda imagem do autor

2 comentários:

Roy disse...

Sempre achei mais dificil poemar no formato haikai. Belo trabalho!

abrax

Roy

Marcello disse...

Salve, Roy.

Difícil ou não, acho bem divertido!
Em breve deixo mais alguns aqui.

Obrigado e um abraço.