Páginas

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Pseudo

.
.
..
...
Há pessoas “invejáveis” neste mundo.

Pessoas elegantes, influentes, articuladamente céticas, superficialmente intelectuais, ligeiramente pacifistas, vagamente humanistas...

Humanistas de um humanismo irresoluto, que flutua oscilante acima da humanidade, mais pelo hábito congênito de apequenar tudo o que se refere à grande massa de desvalidos do que pela simpatia às aspirações desta mesma massa. Aquele tipo de humanismo oportunista, acadêmico, com pitadas de comunismo retórico, meramente formal... E conforme a moda.
.
.
Invejáveis?...
...
..
.

2 comentários:

Halem Souza disse...

Gostei da imagem!

São invejáveis, penso eu, pelo menos num aspecto: até o sofrimento desse gênero de pessoa é também elegante, hehehe... Nada é pior do que os "barracos" armados pelo populacho... (brincadeirinha politicamente incorreta, viu?)

Um abraço.

Mariê disse...

Tudo de bom, esse post, texto, imagem, título, tudo.

O melhor é a pergunta irônico/retórica no final.