Páginas

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

O novíssimo cinema alemão

.
..
...
O cinema de autor de Fassbinder e Herzog, o Manifesto de Oberhausen, marco do Novo Cinema Alemão, aqueles anos 60, quando se recriou do zero a cinematografia da velha Alemanha Ocidental - tudo isto se disse perdido após a reunificação: o cinema germânico reunificado se voltaria aos filmes mais palatáveis, de fácil digestão.

Discordo.

E, para argumentar, não escrevo, recomendo:
 
 
 
 
...
..
.

2 comentários:

Mariê disse...

Excelentes filmes, Nêgo. Vistos contigo, então...

Marcello disse...

e muitos virão...
bj